Pular para o conteúdo principal

SERVE PRA QUE?


 Dois assuntos delicados: os desmaios e os distúrbios da pressão, ambos merecem atenção redobrada. Os desmaios por serem um assunto que até pouco tempo era atribuído a frescura de mulher e os distúrbios de pressão por serem capazes de alterações severas em vários órgão.
 Nossas recomendações são para as emergências. Os tratamentos acoplados são interresantes no sentido de ajuda para melhor avaliação do seu médico e uma melhor qualidade de vida.

Desmaios, Síncopes nervosas ou desfalecimentos:

Arsenicum álbum CH 6: Ocorre por reações bruscas  ou repentinas. Após crises fortes de vômito ou diarréia. Os desmaios de um Arsenicum são frequentes, devido ao alto grau de irritabilidade e ao mesmo tempo de sofrimento, entretanto eles têm uma hora para acontecer, ou é perto da meia noite ou logo pela manhã. 

Ignatia CH 6: Desmaio por origem emocional. A excitação, o susto, a histeria, ou seja, o emocional da Ignácia é que causa os desmaios. Sempre a origem é emocional. Aquele que reage histericamente a morte de alguém, uma notícia de perda ou qualquer coisa que a faça perder o centro, entretanto sempre com histeria.

Pulsatilla CH 5: O desmaio sempre aparece em locais fechados, teatros, igrejas, festas. Local aonde existe muita movimentação de pessoas, muito fechado e pouca ventilação. Pessoas que desmaiam em meio a tumultos e não conseguem reagir. Nas parturientes são os desmaios na hora do parto, sempre vem acompanhado de muito choro.

Os distúrbios da pressão arterial. (alterações arteriais são quadros severos, devem ser tratados como tal. Nunca dispense exames clínicos e acompanhamento adequado)

Belladona CH 6: Como tudo em Belladona, tem de ser brusco, quente e acompanhado de dor. O corpo pulsa, as pupilas dilatam, o sangue sobe e o rosto se avermelha. 

Tabacum CH 5: apesar do nome, o que leva muita gente a pensar no tratamento anti fumo, essa medicação na verdade se apresenta como um regulador da pressão arterial. Cuida tanto da Hipo, quanto da Hiper. Usa-se em casos indefinidos até a devida atenção emergencial. 

Homeopatas dos pés descalços.

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…