Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

ESPECIALIDADE X EXCLUSIVIDADE

Juiz arquiva processo contra acupunturista chinês Conselho tentava provar que acupuntura é atividade privativa de médico no Brasil e, por isso, o chinês não poderia praticá-la por aqui Fonte | TJRJ - Segunda Feira, 12 de Novembro de 2012 O juiz Joaquim Domingos de Almeida Neto, do 9ª Juizado Especial Criminal  da Barra da Tijuca,  determinou o arquivamento do termo circunstanciado que o Conselho Regional de Medicina propôs contra o chinês Yu Tin, que exerce acupuntura no Rio de Janeiro desde 2004.
Segundo o magistrado, o Conselho tentava provar que acupuntura é atividade privativa de médico no Brasil e, por isso,  Yu não poderia praticá-la por aqui, pois é formado, na China, pela Faculdade de Medicina Tradicional Chinesa.
“Reconheci que não há legislação que regule a prática da acupuntura como privativa de médico, não havendo, assim, tipicidade para o crime do artigo 282 do Código Penal”, explicou o juiz.
O Ministério Público também opinou pela atipicidade para o crime, por

AMBRA GRÍSEA - MISANTROPIA SOCIAL - PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA

A FITOTERAPIA BRASILEIRA USADA NA MTC - ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O USO DA FITOTERAPIA BRASILEIRA DENTRO DA MTC

PONTOS DE VISTA XXIII

PONTOS DE VISTA XXII