Amigos do Blog

Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

SAIS DE SCHUSSLER – A TEORIA E O CRIADOR.




Wilhelm nasceu na Alemanha em 1821, estudou língua estrangeira – latim, grego, francês, inglês, espanhol e italiano, mas, optou por medicina, na realidade por Homeopatia.

Estudou homeopatia e medicina em quatro universidades e chegando ao seu M.D, retorna a sua cidade natal para clinicar.

Em 1873 ele publica “RESUMO DE TERAPEUTICAS HOMEOPÁTICAS”e em 1874 publica seu primeiro livro, “RESUMO DE TERAPIAS BASEADO NA FISIOLOGIA E PATOLOGIA CELULAR”.
Agora já mundialmente conhecido como Dr. Schussler, ele acopla aos seus trabalhos a forte influencia de dois grandes da medicina e ciência; Rudolf Vichow e Moleschott, definindo por completo sua doutrina: “A restauração das células nas pessoas, resultando na restauração das deficiências dos sais inorgânicos”.

Assim ficou conhecido, como o Sistema de Schussler ou a chamada Teoria Bioquímica. Este por sua vez é um desdobramento da homeopatia e como foram usados 12 sais da medicina homeopática, sua concentração foi densa. Mesmo que saibamos que os sais bioquímicos supram as deficiências dos tecidos e células do corpo e restaurem sua vitalidade, feitos de forma homeopática, eles criam uma espécie de desordem no estímulo da força vital para a formação natural da doença.

Por essa razão a teoria de Schussler ou os Sais de Schussler são considerados como a desordem corporal e homeopaticamente falando, restauram a vida e solucionam a desordem emocional.

Em março de 1873 ele dizia:
Há cerca de um ano, ... se não seria possível curar desde que a afecção fosse curável, por meio das substancias que constituem os remédios das funções naturais, isto é, dos remédios fisiológicos.
Ainda segundo ele, todo distúrbio no movimento molecular desses sais celulares no seio dos tecidos vivos, em consequência de um déficit de sua proporção normal, constitui uma doença. Para combater essa doença e restabelecer o equilíbrio necessário é suficiente administrar esses sais minerais em quantidades mínimas. Assim sendo, “o método bioquímico substitui os esforços curativos da natureza pela substancia que faz falta nas partes afetadas, ou seja, pelos sais inorgânicos”.

BASES DE FREQUENCIA:

Casos agudos – uma dose a cada hora ou duas horas.
Casos crônicos – uma a quatro doses por dia.
Casos severos de dolorimento – uma dose a cada dez ou quinze minutos.

DEFINIÇÕES DE DINAMIZAÇÃO

D12 é para Ferr – p; Sil; Calc – f.
D6 para todos os outros.

TOMADAS SEPARADAS

Calc-f D12
Kali-m D6
Nat-m D6

Ferr-p D12
Calc-p D6
Kali-p D6
Nat-p D6
Mag-p D6

Calc-s D6
Kali-s D6
Nat-s D6

Silícia – D12

Schussler morre em 1898, mas sua obra permanece até hoje, como uma grande contribuição. Vários e vários homeopatas se debruçaram nos seus estudos e no seu sistema. Muitas foram às vitórias em situações difíceis e muitos outros casos e estudos vieram à tona.

O que sabemos é que no período da gestação, ou da gravidez, propriamente dita, o uso dos Sais de Schussler marcou presença e ainda hoje deve ser visto como uma ajuda possível.

Nessa série que encerramos aqui, podemos dar uma ideia mesmo que pequena de toda a abrangência e do papel importantíssimos que os sais bioquímicos têm na nossa vida e na nossa formação. 

A ele, o nosso respeito e o nosso muito obrigada, mesmo depois de mais de cem anos da sua obra. Sua obra faz parte do nosso dia a dia.

Para usa-los de forma correta, consulte um homeopata.

Homeopatas dos Pés Descalços.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

SAIS DE SCHUSSLER - V


Os Sais de Schussler V.



Kali-s-D6
Kalium sulphuricum D6

Encontra-se nas células da epiderme e nas células epiteliais da pele e das mucosas. Normalmente vem junto com o ferro, ajudando-o na função de transporte o oxigênio para ativar o metabolismo celular. Kalium sulphuricum serve para o terceiro estádio inflamatório com secreções viscosas amareladas.
1º estágio de inflamação (inflamação seca sem secreção) - Ferrum phosphoricum
2º estágio de inflamação (secreções viscosas) - Natrum muriaticum (Kalium chloratum)
3º estágio de inflamação (secreções viscosas e com pus) – Kalium Sulphuricum.

Por conta dessa sua fama, ele será visto como um poderoso ajudante  nas inflamações crônicas de todo o tipo, nas cutâneas descamativas, nos catarros de mucosa purulentos e crônicos (nariz, ouvidos, faringe, brônquios, conjuntivite e etc.); também em catarros gastrointestinais, hepatite, nefrite, dor articular reumática e para a estimulação de todos os processos de eliminação e desintoxicação. Aqui as palavras chaves são: anemia, melancolia e  ansiedade, que dominam. Essa situação se acentua ao entardecer e também quando a pessoa passa muito tempo em locais fechados e sem ar.
A pele fica amarela com manchas escuras no corpo. Apresenta uma escamação severa da pele. Nas mulheres é bom observar corrimentos amarelados e viscosos.



Calc-s-D6
Calcarea sulphurica (Calcium sulfuricum) D6

Ela se encontra no fígado e na vesícula biliar. Assim como a Silicea, tem uma grande utilidade em todos os processos purulentos. Aumenta a coagulação sanguínea e estimula o metabolismo. Fantástico nas ocorrências de alergias. Une-se quimicamente nos detritos do líquido intercelular. Seu sentimento particular é de que não consegue alcançar a cura, falta pouco, mas não consegue.

Normalmente usado depois da Silícia, o paciente vai odiar leite,café e carne. Mas sentirá desejos por comida muito doce e muito salgada. Aqui abrimos uma observação para seu uso no caso de tumores, fibromas e pólipos.

Abscesso, furúnculos, antrax, inflamações do tecido conjuntivo, amigdalites purulentas, catarro brônquico purulento, cistite e nefrite crônicas, resfriado crônico que afeta os seios nasais com secreções purulentas, sanguinolentas e fétidas; fístulas anais, reumatismo crônico e, finalmente, também em pacientes com insônia, perda de memória e vertigo. Furúnculos nas plantas dos pés.
Obs: costuma ver apenas a metade dos objetos.



Nat-s-D6
Natrum sulfuricum D6
O famoso sulfato de sódio ou sal de Glauber

Tem por missão descongestionar o organismo, eliminar as toxinas do metabolismo, desintoxicar o organismo e ativar o fluxo biliar. Essas propriedades são o oposto de Nat-m- D6, que atrai a água para que o organismo se beneficie dela. Aqui acontece o contrário, Nat-s-D6 atrai a água restante que deve ser dispensada do organismo.

O rosto fica cinza-amarelado e inchada, sente um gosto amargo na boca, aumento vertiginoso do ácido úrico e gripe constante, daquelas com bastante secreção.
Sua prescrição está em todas as doenças dos órgãos de excreção (fígado, vesícula biliar, rim, bexiga); também em erupções cutâneas, feridas antigas, úlceras exsudativas das pernas, edemas, infecções gripais e moléstias reumáticas. Natrum sulphuricum se encaixa naquele com sensação permanente de frio e que não aquecem nunca. São irritáveis, indiferentes e depressivos. Não ligam para o que está acontecendo. Parece mesmo apatia. Os sintomas são periodicamente vistos e se acentuam mais pela manhã, em dias úmidos e em ambientes úmidos. As secreções são aquosas e de cor verde-amarela.

Obs: tendência suicida, deve se reprimir para não se matar. É indicado para sintomas mentais após traumatismo craniano e acidentes graves. (Aldo Farias)



Sil D12
Silicea D12

O organismo não vive sem ele como componente do tecido conjuntivo. Silicea é participa da constituição da pele e das mucosas e atua no crescimento de unhas, cabelo e ossos. Aumenta a capacidade de resistência e a resistência mecânica dos tecidos (“chamado de cosmético bioquímico”). Os pulmões, os gânglios linfáticos e as glândulas supra-renais contêm quantidades importantes de Silicea. O silício sendo o componente principal da Silicea, é depois do oxigênio o segundo elemento mais frequente na superfície do planeta. 
 Silicea está relacionado de forma especial com o metabolismo do cálcio. O ácido silícico intervém junto a outras substâncias na assimilação do cálcio contido nos alimentos. Apresenta mal cheiro nas mãos por causa do suor, sendo um fantástico componente para se compreender a sudorese excessiva. Ativa a formação do colágeno e estimula a atividade dos fagócitos (“células devoradoras”), tão importantes para a defesa do organismo frente às infecções. Enfim, os alérgicos de plantão agradecem. Daí a sua utilização nos casos de fontanelas abertas.

Na asma que se apresenta após a vacinação. Silícia se sente literalmente dividido em duas bandas. Sente tristeza profunda no período de febre.

Também está indicada nos casos de varizes, hemorroidas. Acredita que tem algo vivo dentro do ouvido.
Visto em crianças raquíticas e com a abeca bem maior que o restante do corpo – na forma proporcional é claro. É nervoso e irritável, apresentando o tremor dos membros. Doenças das unhas e cabelo, adenite e endurecimentos ganglionares, processos de cicatrização, fístulas ósseas, cáries, raquitismo e suores noturnos. Ativa a reabsorção de hematomas e derrames e reduz níveis sanguíneos de ácido úrico (ver também Natrum phosphoricum). 

Serviram de base, os estudos de Nilo Cairo, Aldo Farias e Elisa Costa.

Homeopatas dos Pés Descalços

terça-feira, 21 de agosto de 2012

I Was Here (United Nations World Humanitarian Day Perform...





   

Durante os dias que se seguem, mais e mais ações no sentido de ajudar os que mais precisam acabam por ganhar espaço e visibilidade.

Mas as vezes nos perguntamos: se somos um povo, uma raça humana sem divisões e se somos todos iguais, porque existe tanta diferença?

Porque tantos continuam morrendo de fome e de frio? 

Porque discriminamos tanto e não nos damos conta disso?

O que acontece conosco que fechamos os nossos olhos a igualdade e realçamos o lado negativo das coisas, roubando o direito a vida, o direito a um futuro melhor e mais justo.

Porque fazemos de conta que está tudo bem, que podemos consumir, mandar em tudo e ainda dormir em paz? 
Porque damos volta no nosso próprio umbigo?

Onde quer que estejamos, que possamos estender nossas mãos em direção as crianças, porque elas não nascem sentindo ódio, fazendo separações, nem dividindo territórios. São os adultos que a ensinam a odiar, a reter, a consumir e a não dividir.

Nós pensamos nas crianças romanis espalhadas pelo mundo, muitas em estado de extrema pobreza, sofrendo humilhações por parte dos adultos, com sede e com frio. Abandonadas e obrigadas a viver em locais insalubres, as perseguições nas escolas, a falta de futuro e a certeza de uma vida marcada pela violência.



Não é porque não entendemos; que devemos destruir, 
não é porque não conhecemos; que devemos marginalizar,
 não é porque não pertencemos; que devemos destruir.

DIGA NÃO A RROMAFOBIA
Madri – Porta do Sol/Espanha
Dia 1 de setembro.

Homeopatas dos Pés Descalços

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

"Jin Ji Du Li" Um exercício da Medicina Tradicional Chinesa.


"Jin Ji Du Li"

Por Elisa Costa e Geni Casemiro

É um exercício milenar e pertence a cultura chinesa, faz parte do livro canônico da saúde e dos exercícios oficiais da China. Tão ou mais antigo que as fórmulas magistrais.


Se você consegue ficar na posição do exercício de olhos fechados, por 1’, isso é bom, mas se não, isso significa que seu corpo está envelhecido, sem vitalidade e seu organismo e meridianos estão desequilibrados. Não vale pra quem tem labirintite, que podera fazer o exercício de olhos abertos, diariamente por 2 messes, depois pode ir tentando devagar..olhos meio abertos e etc...



O exercício é simples e eficaz, aumenta a confiança em sí mesmo, reforça as pernas, ajuda na circulação de energia dos meridianos ... afinal de contas são 6 meridianos que alcançam os pés, ajudam no senso e sentido do equilíbrio físico e emocional, no controle da Hipertensão; na regulação de altos níveis de açúcar no sangue ou diabetes;nas doenças da coluna vertebral;deficiências no pescoço como torcicolo constante e também pode impedi-lo de sofrer de demência senil.


Fique sobre uma só perna, com os seus olhos abertos. É só isso.eleve mais ou menos os braços e mantenha a respiração. Faça isso por 1’ de olhos abertos. Pronto. Agora faça o mesmo de olhos fechados.Se não conseguir passar dos 50 seg e você só tem 40 anos, significa que seu corpo está mais velho que a sua idade.

Para os chineses a  prática frequente e regular do "Jin Ji Du Li", pode ajudar a restaurar o sentido de equilíbrio.
Na verdade, os especialistas chineses sugerem que a prática diária por 1 minuto, podendo ajudar a prevenir a demência. Você acaba precisando exercer a concentração e isso é muito bom. de acordo com o entendimento de médicos chineses, a doença pode aparecer no corpo devido a problemas surgidos na coordenação entre os vários órgãos internos, o que faz com que o corpo perca o seu equilíbrio. Jin Ji Du Li pode zerar esta inter-relação dos órgãos e como eles funcionam juntos, pode realinhar seus meridianos. Zhong Li Ba Ren (especialista de saúde )costuma dizer que a maioria das pessoas não consegue ficar sobre um pé com os olhos fechados por 5 segundos, mas depois, praticando todos os dias, são capazes de fazer por mais de 2 minutos.

Quando você conseguir ficar mais tempo, a sensação de peso desaparece. Ao praticar Jin Ji Du Li, você vai notar que sua qualidade do sono fica melhor, a mente limpa e melhora a memória significativamente.

Este método é capaz de se concentrar a consciência e canalizar o corpo até os pés.Este método é capaz de se concentrar a consciência e canalizar o corpo até os pés.

Problemas como a gota também poderá ser prevenido.
Cura doenças básicas como "Pés Frios" e também ajuda a reforçar a imunidade do corpo.

Homeopatas dos Pés Descalços

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Os Sais de Schussler IV





Nat-p-D6

Natrum phosphoricum D6

Está muito estendido por todo o organismo: em células nervosas, nos músculos, nos eritrócitos e no tecido conjuntivo. Mantém o ácido úrico em solução para a eliminação através do rim. Para pessoas que estão sempre fatigadas e cansadas. Natrum phosphoricum é importante para a eliminação dos produtos metabólicos em excesso, mas alivia os pensamentos negros ou nefastos também. Também desempenha uma função essencial na troca de ácido carbónico (efeito tampão) e no metabolismo do ácido láctico que o organismo produz com o trabalho muscular. Outro efeito é que ele impede que a colesterina cristalize. Na medicina natural o óleo de linhaça e a lecitina de soja ocupam esse papel específico.

Indicações Terapêuticas:

Natrum phosphoricum é um agente neutralizador ( de eficácia comprovada) nas hiperacidoses de todo o tipo. Tem aplicação no tratamento de doenças agudas e crónicas (sobretudo em crianças) por transtornos metabólicos, excesso de ácido clorídrico, pirose, vômitos ácidos, parecidos com queijo, diarreias de fermentação, no reumatismo, ciática e gota. Também é muito usado para quem abusa da dieta com muita lactose e de muita comida gordurosa. Também está indicado em adenites, inflamações oculares, amigdalites, faringites com eructos azedos, cistites, cálculos renais e biliares e erupções cutâneas com secreções amarelas de consistência cremosa. Suores azedos.

Sempre cansado, exausto, sempre com idéias fixas, sempre resfriado.
Para quem associa a outra medicação conjunta, não deixe de ler sobre Rheum e verá que a acidez que corta; nos leva também ao metal e ao fígado, tanto ao órgão, quanto ao meridiano.


Kali-p-D6

Kalium phosphoricum D6

É o sal orgânico mais importante para a célula e é particularmente importante para o soro, os leucócitos, os distintos tecidos do organismo e as células cerebrais, nervosas e musculares. É considerado o tônico dos nervos e dos músculos. O déficit de potássio produz esgotamento destes órgãos, em ocasiões acompanhado de transtornos psíquicos, ânimo depressivo, ansiedade, abatimento e perda de memória. Também a sua falta é atribuída a paralisia por prostração muscular e nervosa, febres altas, doenças cardíacas,úlceras estomacais, estado deprimido e melancólico. Mas é também o bom de boca, pois melhora quando come.

Suas indicações são:

Kalium phosphoricum é o agente funcional bioquímico de mais utilidade no tratamento das doenças agudas e crônicas, bem como em estados de esgotamento. Está indicado em estados nervosos, depressões, esgotamento. Não é a toa seu título de tônico dos nervos e dos músculos. Outrora foi muito usado no combate ao tifo. Melancolia, histeria, insônia de origem nervosa, apatia intelectual, perda da memória, debilidade muscular, lombalgias, alterações cardíacas de tipo nervoso, sensação de ansiedade com palpitações (síndrome do pânico), etc. assim como medida de apoio no tratamento das cardiopatias orgânicas, em hemorragias, paresias, perda de força em processos infecciosos, estados infecciosos e inflamatórios com secreções fétidas (“antisséptico interno”). Acaba por afetar os nervos sensoriais, motores e vaso motores.

Medicações como Pulsatilla, stramonium, veratrum, digitalis, rhus dentre outros, devem ser observados e podem ser utilizados.

Homeopatas dos Pés Descalços.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica